Frete GRÁTIS nas compras a partir de R$ 500,00 / Desconto de 5% no depósito bancário / Parcele em até 6X sem juros

Meditação para grávidas

RSS
Meditação para grávidas

 

A maioria das mulheres grávidas passam grande parte de seu tempo preocupadas com a saúde e desenvolvimento de seu bebê, muitas vezes negligenciando suas próprias necessidades.  Pergunte-se quanto do seu tempo você usa para se conectar.

Muitas vezes quando nos aconselham a ouvir nosso próprio corpo ficamos perdidos, sem entender como fazer isso. A meditação pode ajudar a abrir espaço para entrar em contato com suas próprias necessidades. Pense na meditação como um pequeno momento que podemos aproveitar um pausa, uma espera para receber a nós mesmos e formar outras camadas de organização pessoal.

Algumas pessoas dizem que é o momento de encontrar paz interior, aprender o desapego, entrar em contato com a respiração e melhorar o foco. Para outras, pode ser simples (e igualmente significante), algumas respirações focadas no trabalho para voltar sua atenção para você, seu corpo e o bebê. Ou você pode separar um pequeno espaço em sua casa para estar em silêncio.

A meditação pode trazer vários benefícios na gravidez. Ajuda a melhorar o sono, conectar com as mudanças do corpo, alivia stress e ansiedade, alivia as tensões provenientes da gravidez, trabalhar aspectos importantes para o trabalho de parto e diminuir o risco de depressão pós-parto.

Médicos e cientistas estudaram os benefícios da meditação para mulheres grávidas e mostraram que ajuda as futuras mamães e, especialmente, no parto. Mulheres que tem altos níveis de ansiedade e stress durante a gravidez têm mais propensão a ter filhos prematuros e com baixo peso. Stress pré-natal também impacta o desenvolvimento do feto, cognitiva, emocional e física. Além de aulas de meditação e sessões individuais, existem algumas técnicas que você pode tentar em casa:

- Respiração profunda: coloque suas mãos sobre a barriga, como se estivesse ninando seu bebê e observe as sensações embaixo (temperatura, movimento, densidade, entre outras coisas que você pode notar). Respire lentamente, mas de forma contínua. Se seus pensamentos brotarem em sua cabeça, não se prenda a eles, apenas deixe com que passem.

- Elabore um mantra: palavras são poderosas, elas afetam nossa consciência, nossos sistema nervoso e nosso modo de ser e perceber o mundo. Elabore uma frase, como: “Inspiração profunda para mamãe, ar para o bebê”. Ou qualquer outra fase que faça sentido e possa te ajudar.

- Visualize ondas: podemos diminuir nossas sensações de dor e desconforto com visualização. Uma ferramenta interessante para o momento do parto. Você pode visualizar cada contração como uma onda, como se assistisse a onda lentamente alcançar seu pico de intensidade e permitir seu retorno. Permita que a onda passe por você, como uma alga marinha.

- Pense na flor de Lótus: a flor de Lótus tem um significado espiritual honrada por várias culturas. Visualiza seu cérvix como uma flor de Lótus se abrindo. A cada contração faça essa visualização e cante como um mantra: “abra, abra, abra”.

 - Relaxe seu “terceiro olho”: concentre-se na região de sua testa entre as sombrancelhas. Nesta região encontra-se o tálamo e hipotálamo, responsáveis por todo nosso comando hormonal. Ao estimular essa glândula, apenas voltando sua atenção, podemos contribuir com a produção de serotonina e outros hormônios que regulam nosso sono e níveis de energia.

 

Daniela de Oliveira

Terapeuta corporal e floral

daniela@pdhpsicologia.com.br

(11) 98141-6207

 

Postagem anterior Próximo Post

  • Mar 13, 2018
  • MaiSapeca Blog
Comentários 0
Deixe um comentário
Seu nome:*
Endereço de e-mail:*
Mensagem: *

Por favor note: comentários devem ser aprovados antes de serem publicados

* Campos obrigatórios
Sale

Unavailable

Sold Out